Pikachu, eu escolho você!

Adoro casamentos, sou romântica à moda antiga e gosto desse rito de passagem.

Gosto, em especial, de observar aquele que fica esperando no altar: sua tentativa de achar que, antes do casamento, está tudo certo, de esconder sua ansiedade e medo, de parecer ser a pessoa mais forte do mundo todo. A gente que está do lado de fora sabe que é tudo bobeira; os que já passaram por isso, sabem também que o melhor – e também o pior – ainda está por vir.

E a parte mais romântica de toda a festança é, claro, o momento das declarações.

Já vi de tudo: promessas infinitas, juras profundas, repetições, repetições e repetições. Mas fiquei surpresa com a última que escutei; foi de tamanha simplicidade que até me pareceu um jogo de pokémon, no momento ápice em que o melhor companheiro de luta é escolhido para seguir adiante em busca da vitória juntos.

pikachu

Pikachu, eu escolho você!

Mas era uma morena especial que estava ali, na frente da cara boba do noivo, que por sua vez estava feliz e confiante de que havia feito a escolha mais acertada da vida: amar  sua melhor companheira de luta.

Pena que com a praticidade do cotidiano esse sentimendo de doação e companheirismo se perca tão facilmente, que os olhos ceguem e não deixem que se perceba o que significa escolher alguém para dividir tudo aquilo que se pensa como vida e futuro.

Fato é que ninguém é obrigado a casar-se, já passamos dessa fase da sociedade e nessa escolha também há muita felicidade e satisfação, quer vocês queiram ou não acreditar.

Careta? Que seja!

Pensando bem, dá pra reparar que a dedicação em uma relação de casamento é praticamente uma questão da Física e também de matemática, tem raciocínio lógico e fácil entendimento: para cada ação, haverá uma reação. Agora, se a reação será positiva e benéfica, o caso muda o ponto de observação e passa a ser parte de outra questão: de escolha.

Tipo pokémon.

 

 

 

Anúncios

Sobre Bia Bernardi

Bia Bernardi é escritora e gosta de ler livros de temas diversos, adora música, pra dançar ou só ouvir, e gosta de estar com quem gosta. Ver todos os artigos de Bia Bernardi

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: