“EU QUERO SAIR BEM DA VIDA”

Esse título é uma expressão usada por uma senhora de 85 anos (preservo o seu nome), uma das adeptas do testamento vital, onde a pessoa aceita e deixa registrado em cartório o seu desejo de morrer, em caso de doença terminal e não ter mais possibilidade de cura. Ela acrescenta que se deve ter autonomia no final da vida e ter dignidade para morrer.
O assunto é dos mais polêmicos, por envolver família, religião e o emocional. Mas tem crescido o número daqueles que acreditam que seja uma saída honrosa da vida, até mesmo porque foi feliz, teve alegrias e não quer entrar na decadência, inclusive com o sofrimento dela e de todos ao redor.
Segundo dados do Colégio Notarial do Brasil, em 2010 eram 50 os testamentos vitais registrados nos cartórios. Em 2015 passou para 600 no ano. Ajudou nesse avanço a regulamentação em 2012 do Conselho Federal de Medicina, autorizando os médicos a aceitarem como legítimo o desejo do paciente. Só que isso ainda não garante que será respeitado devido ao arbítrio do judiciário, que pode acatar ou não.
Esse documento não é a família que deve elaborar, mas a própria pessoa, ainda quando lúcida e tê-lo entre seus pertences pessoais de importância, junto ao seu RG, para no caso de ser utilizado. Ē importante ressaltar que é diferente da doação de órgãos, em que a família é que autoriza.
A longevidade tem avançado e as pessoas vivem mais pelo progresso das ciências, mas não quer dizer que estão bem e saudáveis. É uma realidade que muitos não querem aceitar e os que têm mais discernimento sobre a morte são mais capazes de encarar.
De qualquer forma é um respeito pelo seu próprio corpo, quando ele não mais responde aos estímulos vitais e naturais. Afinal, quem quer se deteriorar e se consumir lentamente?
Assunto para altos debates, no momento em que está em discussão o poder e direito da mãe abortar, no caso de suspeita de microcefalia, causada pelo vírus zika. Assuntos diferentes, mas com o mesmo peso.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: