RENOVAR EMOÇÕES

 

Olhamos para um lado, uma casa, uma loja comercial, e começamos a perceber novas cores saindo dos armários e sendo reaproveitadas dos anos anteriores, misturando vermelho, verde, dourado e prata. Laços, sinos, borboletas, folhas e os sapatinhos à espera de um pedido e de um sonho a ser realizado.
Olhamos para outro lado, o mundo está a nos derrubar para baixo, os ecos trágicos ainda ecoam, lá fora e aqui mesmo debaixo de nosso olhos. Dezembro prestes a surgir e não arrumamos coragem para entrar no mês da magia. Algo nos tira as forças, com tanto peso no corpo e na cabeça.
E os brilhos vão aumentando, os pisca-piscas logo vão nos envolver por completo, mas será que dessa vez vamos entrar também com o coração? Difícil arrumar ânimo em mais um ano, para abraçar o corre-corre. O comércio espera avidamente pela entrada de todos no frenesi das compras, mas o desemprego na função de Papai Noel também está acima do esperado e os bons velhinhos penduraram seus sapatinhos, também querendo um presente.
Ē cedo, é verdade, e somente a propaganda tenta criar o desejo de compra no consumidor. O que o marketing não consegue criar é a confiança de que teremos paz e tranquilidade para preparar o clima que se pede. Pelo oposto, talvez só o Natal e todo o seu sentido espiritual possam trazer a harmonia que se impõe em meio ao caos.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: