Quadrilha

girlexplo

Cabem em minhas mãos pouco ou nada para carregar visto que o peso de outras mãos me aterroriza com a ideia de que me afundam em mim. Finjo desprendimento, ensaio certo desdém, para fazer acreditar que de mim nada terão. Mas por dentro todos me consomem, cada um à sua maneira tão preciosa, arrancando sem compaixão um naco ensanguentado do meu músculo a bater. E é assim que aos poucos, por todos, me despedaço.

Anúncios

Sobre Marina Costa

Vegetariana, sagitariana, feminista e humana, emanando energias para que nossa vida nesse cosmo infinito tenha um sentido no fim. Mesmo que seja o de produzir ecos de bons sentimentos e só... Ver todos os artigos de Marina Costa

2 respostas para “Quadrilha

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: