Yule

DSC02479

Bate no vidro da janela um grosso pingo de chuva e sob o telhado desaba a tempestade torrencial, fazendo estalar paredes e trazendo o frio de fora para o aconchego de dentro. Sem luz e sem distração, eles se olham receosos de encarar a intimidade um pouco esquecida. Ela pensa em uma xícara de chá. Ele pega na estante um livro grande. Ela volta com canela e maçã. Ele começa a ler em voz alta histórias sem fim. Sorrindo, ela se senta. Feliz, ele a abraça. E assim o inverno chega, silencioso e escuro, soprando pelas frestas a arrepiar a rotina. Trazendo a necessidade esquecida de calor do com viver.

Anúncios

Sobre Marina Costa

Vegetariana, sagitariana, feminista e humana, emanando energias para que nossa vida nesse cosmo infinito tenha um sentido no fim. Mesmo que seja o de produzir ecos de bons sentimentos e só... Ver todos os artigos de Marina Costa

Uma resposta para “Yule

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: