Cala-te boca

O silêncio pode representar muita sabedoria. Como pode representar totalmente o contrário. Quem silencia em geral consente. Mas ficar quieto zera o risco de dizer besteira ou engolir algum inseto intruso. Pois bem, é chegada a hora da razão. A razão não tem umbigo preso nem com o silêncio e muito menos com o barulho. A razão não está nem para o carro de som, como a publicidade, e nem para leitura, com a biblioteca. Ela está para ser usada.

Pois bem! Vejo que o Brasil vive um momento único em sua história. Aqui cabe uma ressalva: claro que na minha única e exclusiva, até agora, opinião. Sim, o país pela primeira vez, em sua história, não precisa que seja exigido de seu povo educação, mas sim razão. Razão na medida certa para cada um. Em cada momento, agir com razão. Praticamente uma ética coletiva.

Como tenho ouvido muita gente expressar seu ódio, de direita ou de esquerda, a fim de silenciar a opiniões alheias, me resta dizer: cala-te boca! Deixe a educação de lado e aja com razão. É isso!

Anúncios

Sobre Celso Oliveira

Jornalista e Mestre em Ciência da Comunicação pela ECA/ USP. Ver todos os artigos de Celso Oliveira

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: