Pessoas que sentem prazer

Ele não podia aceitar a ideia de que a sua namorada, idealizada nos melhores conceitos de pureza e retidão de caráter, pudesse um dia sentir prazer. Na sua concepção, isso a tornaria infiel e vulgar, como todas as outras que conhecia e desprezava. Era como se o mundo fosse dividido entre pessoas boas e pessoas que sentem prazer – e apenas ele podia circular entre ambos os mundos. Ela, tímida e recatada, por algum motivo também não conseguia separar a ideia de que o prazer está sempre relacionado a algo doloroso e profundamente mal. De modo que foi até natural que um dia eles se conhecessem e se interessassem um pelo outro.

Mas havia momentos em que tudo o que ele queria era colocar à prova a retidão de sua mulher. No fundo desejava que ela caísse na sua tentação e cedesse a um desejo impuro, porque assim teria motivos para acusá-la. Ela se mantinha firme e enrubescia diante da menor possibilidade de fazer o que não devia. Até o dia em que concordou em fazer aquilo que só os casados tinham o direito de fazer. Fez isso seguramente por amor, pois acima de tudo tinha medo. Não seria de se admirar se no auge daquela noite o homem dissesse coisas como “eu já sabia” ou “eu bem que desconfiava” – sua mulher, enfim, também podia sentir prazer.

Depois disso passou a se sentir mais homem, sabendo-se capaz de satisfazer uma mulher pura. Só que agora ele vive desconfiado. Imagina que ela pode querer sentir a mesma coisa com qualquer um. Julga assim porque é exatamente dessa maneira que ele próprio se comporta em relação às outras mulheres. Agora se sente como se tivesse perdido o controle da situação, e talvez até se arrependa do que diz ter proporcionado à mulher. Ela ignora tudo isso. Ama realmente o seu homem, com uma candura admirável, com uma impressionante dedicação – especialmente quando se sabe que não é merecido. No fundo, até que ele é um bom sujeito. Eu realmente sentiria muito se ele descobrisse que estou saindo com sua mulher.

Anúncios

2 respostas para “Pessoas que sentem prazer

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: