Um novo paradigma para Dilma

Foto (Último Segundo)
Foto (Último Segundo)

Acabou! Acabou? Dilma se reelegeu como esperado, mas com uma margem bem inferior ao antecipado. Marina, no final das contas, conseguiu transferir considerável fatia de seus votos para Aécio Neves. Apesar da cada vez mais assombrosa taxa de abstenção o espírito mudancista fez vista grossa para uma candidatura recheada de problemas e retalhada por estratégias defeituosas e controvertidas como a do PSDB. É um sinal atordoante esse que emerge das urnas para o PT.  Há doze anos no Poder, o desgaste, a despeito das reiteradas e nem sempre comprovadas denúncias de corrupção e mal feitos com a coisa pública, é natural e o PT sabe disso. Sabe, também, que continua no Poder pela expressiva votação que recebeu no Nordeste, a despeito das vis e cretinas manifestações de preconceito que sempre insurgem na esteira dos resultados eleitorais. Sul e Centro-Oeste e a grande maioria do Sudeste votaram pela oposição. Já havia sido assim no 1º turno.

A real compreensão desse cenário explica a nova fase “paz e amor” ensejada por Dilma Rousseff. Um aceno ao mercado aqui, um cafuné na oposição ali e muita disposição ao diálogo, como frisou nas quatro entrevistas que concedeu à TV após reeleita presidente. A derrota imposta à presidente pelo PMDB no Congresso, no entanto, explicita que a paz e o amor não serão diurna e noturnamente acatados pelos aliados.  Dilma sai fragilizada das urnas. Talvez menos do que o PT, derrotado em estados que governa até o fim do ano e com menor atuação na nova legislatura.

Se Dilma levar adiante, ainda que com as inevitáveis concessões que terá que fazer, a proposta de reforma política, poderá não só dar sua contribuição decisiva para a história da democracia do país, como reequilibrar as forças políticas em seu governo. É algo para o primeiro ano do 2º mandato.  Se não avançar nesta matéria, Dilma corre o risco de tornar-se refém da agenda nefasta das forças de oposição e dos interesses escusos de sua base aliada. Não acabou! Na verdade, ainda vai começar…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s