Casa na árvore

foto: fabiana fonsaca ruy /casa árvore

                                             Foto: fabiana fonsaca ruy

O canto da família de joão de barro, diante da porta da casa que construíram no ipê no meu quintal, é sempre interrogatório. Me considero com boa audição, mas por vezes já confundi se quando cantam estão em dupla ou solo. Seo joão e dona joana parecem anunciar que chegaram em casa e que não os perturbem.

Vivemos um momento de muita incerteza no Estado de São Paulo. Apesar de que a maioria dos eleitores tenha definido o comando do governo estadual por mais quatro anos, o mesmo comandante vive a perder os poucos fios de cabelos por conta da crise hídrica. Não pretendo destilar nesse espaço minhas rusgas políticas com o grupo do governador, farei noutro espaço na net, mas não posso deixar de relatar que a família barro tem a sabedoria que a natureza aperfeiçoou nas aves. Sabedores da falta d’água na região, a dupla de construtores deve ter ido passar umas férias na praia. Sim, todos os anos no período de seca eles desaparecem e retornam quando as chuvas estão próximas.

Não sou homem do campo, quero me tornar um, por isso não tenho a sapiência de quem observa, respeita e compartilha da alegria da natureza todos os dias. Antes que pensamentos maldosos transitem entre as sinapses, tenho apenas uma dessas qualidades de cada vez. Gostaria de desfrutar de todas ao mesmo tempo.  Pois bem, justificado. Penso que a família barro esteve fora da região prevendo a falta d´água e o forte calor. E, agora, retornaram, pois o clima está mais ameno e começa a dar sinal da volta das chuvas.

Como a humanidade passou a viver em grandes grupos, que chamamos de cidade, não podemos mais nos dar ao luxo da movimentação de milhões de pessoas, mas podemos desfrutar da construção e casas nas árvores. Um site de arquitetura apresentava opções luxuosas, outras simples, outras funcionais, de casas construídas nas árvores. Muito além do sonho infantil e que gerações desfrutam a décadas.

Aprendemos com a evolução utilizar a madeira para fazer casas. Conseguimos produzir em larga escala as árvores para dar conta das muitas fases de uma obra que tem a madeira como peça chave. Não apenas o telhado deve ser lembrado, mas desde o gabarito fazemos uso da madeira. Mas, confesso, nada me deixa mais feliz quando vejo uma casa construída envolta da árvore. Tenho sempre a sensação que ali vive alguém mais sublime, mais feliz. Um joão de barro humanoide. Sem ecologismos piegas, um canto enigmático de joão para quem é feliz por morar assim.

Anúncios

Sobre Celso Oliveira

Jornalista e Mestre em Ciência da Comunicação pela ECA/ USP. Ver todos os artigos de Celso Oliveira

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: