É a poesia que eu vejo

Olhar para o lado, ver os problemas sempre aumentando, a discórdia nascendo e tudo piorando em vez de melhorar é bem triste. Sentir que podemos fazer algo, que a solução é possível e que bastaria um pouco de amor na causa – e não tê-lo – é bem mais triste. Sentir-se atado, preso, amordaçado pela hipocrisia que nos rodeia, por ganância e egoísmo, pelo desejo de continuar bem quietinho onde se está enquanto o mundo e as pessoas se auto-destroem mutuamente é coisa que eu – juro! – não gostaria de estar assistindo de camarote.

Mas aí lembro que existem pessoas que veem poesia em tudo, que sabe que há solução, ainda que dura e demorada, que acreditam na luta, na escolha certa, no bem comum. E lembro também que eu mesma sou uma dessas!, que eu brigo, falo, grito se for preciso, porque tenho fé que tudo vai dar certo. Se a Lua, que todo dia está no céu, nos orientando, guiando e iluminando a tantos milênios, ainda não desistiu, porque eu haveria de desistir??

Anúncios

Sobre Bia Bernardi

Bia Bernardi é escritora e gosta de ler livros de temas diversos, adora música, pra dançar ou só ouvir, e gosta de estar com quem gosta. Ver todos os artigos de Bia Bernardi

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: