Popará

Pode Parar! É o nome de um encarte do Jornal O Estado de Minas contra a CORRUPÇÃO, dentro da excelente série PENSARBRASIL. E Pensando Brasil penso também que esse é o grande desafio da mídia no mundo atual – conduzir essa corrente ainda pífia que se revolta contra o descalabro da corrupção, transformando-a em uma torrente capaz de arrastar para as profundas do inferno essa lama que imunda o país e que cada vez mais se banaliza.

Vi pela TV imagens de movimentos que já se iniciam em várias partes do país e senti renascer a esperança de salvar a nossa juventude, carente de causas dignas e motivadoras  e também atolada nos vícios modernos. Serão eles, os jovens, que bem motivados e usando toda essa parafernália  legada por Steve Jobs poderão colocar nos trilhos esse trem chamado Brasil.

Participei ativamente do Movimento Diretas Já e nessa luta gloriosa para devolver o país para a democracia não tive tempo para me ocupar de coisas inúteis como o uso de drogas porque tinha algo bem mais interessante para fazer. Embora saiba que o preço da liberdade é a eterna vigilância tenho que concordar que não fizemos isso e entregamos o país a pescadores que ouvindo o canto da sereia perderam o rumo. É chegado a hora de nós, os jovens das décadas de setenta/oitenta tentarmos corrigir as nossas falhas apoiando e estimulando aqueles que também já não aguentam mais viver em um mundo sem esperança, onde a única lei que conta é a do Sabe com quem está falando?

Carlos Granés, no prefácio do livro Saberes e Utopias, de Mário Vargas Llosa  diz que a corrupção é a maior das ameaças a credibilidade da democracia, situação que certamente é responsável pelo atraso da condução do país rumo a verdadeira modernidade.

Sabemos que não existem sociedades perfeitas, nem governos capazes de realmente transformar todas as partes do mundo em lugares melhores para se viver, mas já me dou por satisfeita com aquele que realmente buscar entrelaçar a liberdade individual com a justiça social. Sociedades corruptas por mais que seus líderes digam o contrário jamais alcançarão  esse patamar e com isso só conseguirão aprofundar o fosso da miséria humana.

Sonho com o dia em que, em horário previamente determinado, todos nós, os não corruptos é claro, deixaremos de lado o que estivermos fazendo e em um grito só diremos bem alto: POPARÁ !

Maria Olímpia Alves de Melo

Anúncios

Uma resposta para “Popará

  • Aline Viana

    Sair do lugar-comum e colocar o discurso em prática é um maior desafio do país. Mas adorei o nome do suplemento “POPARÁ” é perfeito!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: