Amor cachorro

“Quero que me esqueça”, ela deveria ter dito quando o caso deles acabou, como aquele derradeiro presidente da ditadura, o Figueiredo, ao deixar o Planalto.  Mas não, ela acendeu velas e incensos aos anjos, fez nove vezes a novena da paciência, pediu conselhos às mulheres mais velhas e chorou até esgotar o estoque de lágrimas. E ele esqueceu do mesmo jeito. Casou com outro – o senso de humor do diabo é sempre afiado. E agora, que até ela esqueceu, ele lembrou.

Ele diz que ninguém jamais mandou como ela em seu coração. E lhe entrega de volta as correntes, o chicote e as algemas e implora: “me bate!”. Ela olha a vítima tão sem resistência e não se anima, seria como chutar cachorro morto.

Mas ele a segue como um cachorro magro. No Twitter, no Facebook, no MSN. Pede perdão, diz que irá se comportar bem desta e de todas as outras vezes. Lança aquele olhar perdido. E quem continua perdida é a paciência dela, esgotada durante as novenas.

Quem sabe uivos sentidos a sensibilizem, ele calcula. E liga. Para o telefone de casa, para o celular, para as amigas. Expõe sua campanha. Pede apoio. Faz promessas. Outros cães de rua se unem e o barulho se torna insuportável. Ela chama a carrocinha.

As pessoas a chamam de insensível. “Ele vai virar sabão!”, lamentam. Ela só quer que o processo seja mais rápido, que vire logo espuma. Que suas memórias de amor se desfaçam no jorro de qualquer tanque por aí.

Aline Viana

Ps. Isto é uma obra de ficção, nenhum animal foi machucado durante a escrita deste texto.

Anúncios

9 comentários em “Amor cachorro

    1. Então, acho que é o mais difícil é levar numa boa, e ela pelo menos conseguiu manter o bom humor, rsrsrs

    1. Pôxa, Plínio, que surpresa boa te ver por aqui! Saudades de vc e do povo todo lá da Terracota.
      Obrigada mesmo! 😀

  1. Que o diabo tem um senso de humor afiado ninguém duvida… e eu confesso que às vezes me divirto com ele! E vejo que essa cronista entende bem dessas coisas de romance (por essas e outras)!!!

    1. O jeito é levar numa boa a relação com o coisa ruim, né? rsrsrs Acho que ele visita mais quem se irrita mais fácil 😛
      Bem, se eu entendo de romance eu não sei, só sei que foi assim, rsrsrs

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s